Skip navigation

Mesmo com promessas de desaceleração, é inegável que a estabilidade econômica do Brasil destaque o país como a bola da vez no setor do consumo. Seja pela bonanza de índices ou melhor distribuição de renda, tudo serve de estímulo para a vontade – e o poder – de compra! Neste processo, fica evidente o papel de um consumidor muito mais informado, que escolhe – e exige – produtos e serviços que não somente atendam suas necessidades mas o ajudem a crescer.

Além da constatação de um mercado mais consciente, percebe-se o upgrade de valores culturais de uma nação em relação  ao consumo. É fácil recordar como 15 anos atrás, num país com escassez de ofertas e economia precária, qualquer vantagem prevista num certificado de garantia ainda representava um grande benefício para consumidores. Hoje, a situação é outra: nunca antes o valor intrínseco de USUFRUIR teve tanta influência na gestão de cosumo.

g3227122012095915

O artigo da edição no. 1032 da revista EXAME –  QUEM AJUDA VENDE MAIS de Ana Luiza Leal – aponta a máxima de que clientes satisfeitos tendem a comprar mais – e a escolher produtos mais caros!  Para tal,  a matéria ilustra como o investimento em TREINAMENTO de parceiros fará toda a diferença para empresas que, oferecendo melhor preparo a seus colaboradores, terão destaque na conquista – e manutenção – de nichos de mercado.

Assim como apontado pela matéria, o mais importante, além de entender qual o tipo de ajuda considerado importante para os seus clientes, será saber quem são os clientes importantes.

‘Daqui pra frente, quem criar vínculos com seus clientes vai crescer mais’, Linda Richardson, professora da escola americana  de negócios Wharton.

Um exemplo de gestão focada na capacitação é da marca de tintas Suvinil. A empresa percebeu que não adiantava inovar na produção de novos produtos se os pintores não dominavam as técnicas de utilização dessas novidades. A empresa então investiu forte em treinamento estruturado – desde técnicas inovadoreas de pintura até como fazer um orçamento e calcular os custos de obras… Foram treinados mais 20.000 pintores em todo o país. Desta forma, a empresa conquistou  vendas investindo em capacitação de seus colaboradores. Ou seja, no mundo de hoje, não basta um excelente produto, se o intermediário que efetivamente fica frente com o cliente, não consegue demonstrar, comunicar ou superar as expectativas.

A área comercial não se limita mais `as vendas. Um número crescente de empresas deve ajudar seus clientes a usufruir benefícios.

Tratando-se de um artigo numa das mais notórias revistas que aborda tendências de gestão na área da indústria, faz sentido imaginar como a lição pode – e deve – ser transportada para setores que focam em diferencial do estilo – como moda e design.

Da mesma maneira, o Life+Style investe na formatação de treinamentos. Em países como o Brasil – onde o PIB aumentou e o potencial de consumidores da classe A cresceu 46,1% * em apenas 6 anos. A necessidade de investimentos em  TREINAMENTO para comunicar benefícios  – sejam eles práticos ou subjetivos – será a estratégia de gestão corporativa para empresas que esperam corresponder crescentes demandas  do consumidor brasileiro em 2013.

* Fonte – Matéria Grifes de luxo em buca de um lugar ao sol no Rio de Laura Antunes, caderno Rio, Jornal ‘O Globo’, de 23.1.2013.

_________________________________________________________________________________________________

Advertisements

4 Comments

  1. É preciso investir na profissionalização da gestão. Excelente post, Marcelo! Parabéns! Beijos

    • Obrigado G.!
      Seu comentário é super benvindo!
      Beijos, saudades!
      Marcelo

  2. OiMarcelo, Realmente si não se fizer nada em relacao a treinamento, não sei não….! No Rio de Janeiro, por falta de treinamento o atendimento nos restaurantes e lojas, com exceções é claro, é péssimo. Temos que suportar garçons egarconetes sem educação e vendedores que vivem conversando entre si como se tivessem ali so pra isto….isto quando não resolvem bater um papinho no celular ou enviar sms ali, na frente do cliente que está esperando…temos que dar com urgência atenção ao treinamento da mão de obra que fornece servicos terciarios.
    Abraços
    Fatima

    • Oi Fátima! Tem razão – temos muito que crescer no Rio, no Brasil. Sou otimista. Lendo mais artigos, revistas e blogs respeitados falando sobre o assunto é um sinal que podemos chegar lá – ou pelo menos melhorar bastante! Li seu comentário sobre o o outro post q não encontrou e vou dar uma olhada! Tks por sempre passar por aqui!
      Beijos, Marcelo


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: