Skip navigation

Depois do Rio, considero Londres a cidade onde mais me sinto em casa. Fora contrastes culturais óbvios que marcam suas diferenças, ambas são cidades autênticas, que independente de um julgamento simplista (entre bom ou ruim), oferecem carga de identidade para quem habita ou visita esses locais. Enquanto sinto no RIO a força do DNA brasileiro, sinto em LONDRES o DNA do mundo contemporâneo.

Millenium Bridge e St. Paul Cathedral vistas do restaurante do Tate Modern Museum em Southbank.

Ser um viajante experiente oferece a possibilidade de captar sutilezas. Em Londres, diferente de outras cidades do mesmo porte, um elemento sedutor é perceber que tendências não estão implícitas no consumo ou estrelismo óbvio mas nas entrelinhas do comportamento e da cultura. Explico com um exemplo: para alguns, um restaurante não atrae tanto por ser frequentado por Madonna, mas sim porque o chef que cozinha ali faz pratos que contam histórias… Não é a toa que um país como a Inglaterra tem a tradição de movimentos ligados `a transformação – dos rebeldes Beatles nos 60, dos insatisfeitos punks nos 70, dos nostálgicos góticos nos 80 – eventos que nasceram nas terras dos Tudor abalaram a direção da sociedade moderna.

Uma típica tarde de primavera londrina no Soho Square.

Uma metrópole bem cuidada, limpa, em que a arquitectura, ainda hoje, prima por ser horizontal, não agressiva aos olhos nem aos pulmões… Admirar o céu do Financial District ou ainda aproveitar os inúmeros parques que pontuam a cidade é como um refresco para a convivência de todos os estilos.

Hoje Londres é um símbolo do estilo inglês. É a cidade onde refinar o senso estético é tão interessante quanto observar in loco os fenômenos sociais que alí nasceram.  Transito bem por essa metrópole que hoje é fruto de contrastes: senso coletivo e individualidade, veia comercial  e experimentalismo, respeito e humor.

O popular pub gay The Edge recebeu a ‘rainha’ para um drink, durante as celebrações do casamento real.

Londres tem a vantagem de respeitar todos os gostos. Nesta última visita, encontrei a cidade mais movimentada do que o habitual. Mesmo tentando, fugir da multidão na época do casamento real de Kate e Wiliam foi praticamente impossível.  De qualquer forma, foi bom sentir a vibe de otimismo e festa que ainda seduz um povo,  supostamente sisudo e comportado.

Em Visual Merchandisng, vitrine temática é uma técnia eficiente de promover produtos de forma divertida.  Essa é da Guess na Regent Street.

Hoje, depois de tantos kilometros rodados pelo mundo, aproveito para associar viagens de lazer e atualizacão profissional. Em Londres, procuro investir em cursos numa das escolas de design e moda mais renomadas no mundo.

CENTRAL SAINT MARTINS

Detalhe da escadaria em estilo vitoriano  no prédio da Central St. Martins, que a partir de 2012,  será convertido em luxuoso condomínio residencial.

Um dos highlights de visitar Londres tem sido a oportunidade de casar laser com enriquecimento profissional.  Há 5 anos, aproveito a estada em Londres para fazer um curso na Central St. Martins College, uma das escolas mais renomadas nos campos do design, moda e varejo no mundo.

Escolhi um short course de 4 dias sobre Visual Merchandising.

Curso de ‘Visual Merchadising and Interiors’ na Central St. Martins.

O curso, além de cobrir as mais modernas técnicas e teorias de ‘visual Merchadising’ existentes hoje no varejo, um desafo gratificante foi o job de desenvolver um projeto de vitrine 3D, a partir de conceitos ligados a companhias reais do varejo.

OUTLET4HOLIDAYS.COM

A experiência de sentir um londrino é ainda mais completa quando, há 3 anos atrás, adoptei uma prática bastante comum hoje em dia – alugar um studio de temporada.

Um novo serviço da Outlet: aluguel de propriedades em Barcelona e Sitges.

Várias são as vantagens. A primeira é mesmo o preço. Hoje, hotéis no centro de Londres não saem por menos de 100 libras. Dependendo da localização e da época do ano, a busca pela melhor oferta de custo/benefício pode ser frustrante. Mesmo compactos, os studios, mais espaçosos do que os quartos de hotéis impessoais, partem de 80 libras por dia.

Sala do studio na Bateman Street, no Soho.

Cozinhas equipadas permitem um shopping básico no supermercado mais próximo. Preparar refeições simples, mas que significam economia extra no orçamento da viagem é ainda um ganho extra. Outra grande vantagem conveniente é o sistema de wifi, com acesso a Internet liberado, incluso no preço do aluguel.

Arrisquei os dotes de chef numa refeição simples, feita em casa.

Nos últimos 3 anos de visita a Londres, descobri os serviços da OUTLET. Desde então só tive experiências memoráveis em studios nas áreas da Charing Cross Rd.,  Convent Garden e recentemente no charmoso bairro do Soho.

CITY-DISCOVERY.COM

Se você é um curioso do tipo aventureiro como eu, que gosta de estudar os roteiros por onde vai viajar com meses de antecedência, a Internet é o lugar perfeito para você exercitar seu lado de consultor de viagens.

Uma maneira fácil, segura e inspiradora de aproveitar o que o país oferece de mais autêntico, pode ser descoberto usando os serviços de agências virtuais que contactam operadoras de turismo locais para realização de passeios em várias cidades do mundo.

Agência virtual Citi-Discovery – uma opção segura e interativa para customizar viagens.

Há 4 anos, quando montava uma viagem de pesquisa na China, descobri os serviços da City Discovery. Hoje montar uma viagem pode ser tão excitante quanto fácil. O site em questão é uma operadora virtual que disponibiliza roteiros na maior parte das cidades do mundo.

Acessando a cidade em questão, você escolhe entre roteiros com os mais variados interesses. Roteiros podem ser diários, de 2 a 5 dias, incluíndo muitas vezes os serviços refeições e hotéis nas estadas mais longas.

HYDE PARK

Uma das atrações de Hyde Park é o aluguel de bicicletas por 5 libras a hora.

Nesta época do ano, é imperdível um passeio no Hyde Park. Aproveitei para conhecer a Lady Diana’s Fountain construída em homenagam da princesa de Gales.

O sol de verão num dia de primavera, faz uma tarde de 2a. feira ter gosto de domingo nos parques da cidade.

Em dias de sol, o jardim é tomado por grupos de amigos, família em torno de animados pic nics e crianças brincandos na fonte erguida em homenagem a Diana. O clima descontraído, não pode ser mais londrino, inclusive para tirar a camisa e pegar um sol(quem disse que Londres não tem praia??)

EAST LONDON

Desta vez, no East London, area da cidade que vem se revitalizando a passos largos. Atrações como as lojas de roupa de segunda mão em Brick Lane é um marco desta área da cidade que pede uma visita.

O comércio de Brick Lane. Vale a dica da loja vintage ‘Rock it’, especializada em moda dos anos 50 a 80.

O Spittalfields Market é outra atracão imperdível. No mesmo espaço se reúnem barracas com peças de artistas independentes e lojas conceito de marcas reconhecidas.

Loja conceito da Dr. Marteens em Spitalfields Mkt. usa de faixas de plástico amarelo para dividir setores da loja.

Um dos mais vibrantes mercados de curiosidades da cidade, nos fins de semana o mercado é famoso por itens que vão de roupas, acessórios, objectos para casa, artesanais e com foco no design.

Antique market de 5as. feiras em Spitalfields Market.

Nas 5as. feiras o mercado é tomado por expositores e público vintage, com foco em antiguidades, não sendo sendo raro encontrar artistas e estilistas de grandes grifes como Burberry e Gucci fazendo aqui suas pesquisa de criação.

CANDEM LOCK MARKET

Fou numa tarde de sábado que um amigo me apresentou o Candem Lock Market.

Tarde de sábado no Candem Lock Mkt.

O mercado é um mix de lojas de moda, decoração,  restaurantes, e eventos que atrae milhares de pessoas, principalmente nos fins de semana.

Lojas aproveitam a arquitetura original das docas para sede das lojas.

O mais legal da área é a união de espaços de tendas montadas com lojas físicas. A diversidade de produtos, gastronomia e pessoas é imensa e mostra uma Londres menos povoada pelos turistas que transitam no corredor Picadilly Circus e Trafalgar Square.

Tecidos artesanais indianos – uma das atrações que valem a pena investigar no mercado.

PASSEIOS NO INTERIOR

Aproveitar para visitar o interior do país é se aproximar da essência cultural de um país. Nesta última visita a Inglaterra, tive a oportunidade tive de conhecer dois destinos irresistíveis. No site da City discovery comprei um passeio de 8 horas pelo campo – a cidade romana de Bath e o antigo monumento de Stonehendge.

Campos de cultivado por canola (que podruz óleo comestível) decora o caminho ao longo do passeio.

BATH

Bath é daquelas cidades em que é possível  sentir o charme de heranças que atravessam o tempo, intactas e cheias de mensagens.

Piscina termal mais de 2000 anos atraíram os romanos para fundar a cidade de Bath.

Desde as expedições romanas no século V, a região se tornou um famoso entreposto atraindo o exército romano com suas fontes de águas termais.

Arquitetura e atmosfera bucólica valem uma visita com estada em um dos lodges de fim de semana em Bath.

Aqui, além das escavações que revelam o dia a dia da comunidade, o charme da cidade fica por conta do mix arquitetônico e bucólico da cidade – Estátuas romanas se misturam ao cume de torres de igrejas góticas.

STONEHENGE

Logo depois, ha 137 km de Londres chegamos a Stonehenge, um dos monumentos da humanidade, mais impressionantes da era pré-histórica.

Constituição original de Stonehenge.

Pensado ter sido construído em 2500 a.c., sua origem e função ainda geram discussão. Relógio de sol, altar para rituais de sacrifícios, o certo é que o monumento no meio de um descampado ainda gera questionamentos que vão além da pura explicação racional. Perguntas que todos nós tentamos responder nas imagens e vídeos em câmeras e filmadoras.

Life+Style em Stonehendge.

Muitas vezes, o importante mesmo é deixar de perguntar quem ou porque, e apenas admirar e SENTIR. Quanto mais silenciosa e livre nossas mentes, mais perto ficam as respostas para algo supostamente inexplicável. Por um minuto me lembrei da energia que me mobilizava quando via essa cena nos livros de história e que hoje estava ali, na minha frente. Essa consciência momentânea é o que podemos chamar de felicidade – uma rápida sensação de tranquilidade, renovação e sentido amplo de existência.

_________________________________________________________________________________________

13 Comments

  1. MUITO BOM! As dicas sobre a cidade e os passeios são maravilhosas e os sites são super úteis. Parabéns mais uma vez!

    • OI Helvécio!!

      Feliz q vc, expert em web design, valida as dicas dos sites.. são realmentes testadas e aprovadíssimas!

      Abç
      Marcelo

  2. Marcelo Querido, vc como sempre arrasando!!!! Saudades sempre.

    • Ola Isa!!

      Q bom ver vc por aki,, tbm morrendo de saudades de nossas conversas e parcerias!!
      Saudades!
      Marcelo

  3. Adorei suas dicas, e a proxima vez que estiver indo a Londres com certeza irei acessar seu blog para rever essas dicas.

    • OI Flávia!

      Q bom ver vc por aki.,, fico feliz q uma viajante experiente como vc tenha curtido as dicas..
      Bjs
      Saudades
      Marcelo

  4. Marcelo, olá! Caio no lugar comum – o post realmente está ótimo.
    Agora, fiquei curioso com o curso. Vc vai só dizer que fez? não vai contar detalhes? não vai mostrar o trabalho que vc fez lá?
    Ai, a curiosidade!
    Infelizmente não tenho esta oportunidade de visitar Londres sempre. Mas a vez que fui, amei.

    • Olá Cláudio,

      Legal q curtiu as dicas..

      Anotada a sugestão para o post sobre o curso!

      Abç
      Marcelo

  5. “Depois do Rio, considero Londres a cidade onde mais me sinto em casa.” Não acredito que você escreveu esta frase, pois é exatamente assim que me sinto em Londres. Apesar de (infelizmente!) só ter ido uma vez – quer dizer, várias vezes, mas em uma única viagem – a sensação de estar à vontade é incrível!
    Marcelo, desta vez não poderei comentar seu post de forma mais racional. Para ser sincera, estou super emocionada, por rever lugares queridos e conhecer novos…… e a vontade imensa de estar lá!
    Muito obrigada por este post! Estou em êxtase!

  6. É sempre um prazer acompanhar suas viagens, com seu olhar de ver além, e saber degustar a vida, receba meu abraço e de Cintia , ainda com a ideia de nos reunirmos aqui em casa para repassarmos nossa amizade, abração Zúñiga

    • Oi Zuniga,

      Me desculpe o atraso na resposta ao seu comentário, mas estive viajando ainda mais…
      Me avise qdo acontecer a reunião que será um prazer estar presente!
      Abçs em vc e na Cíntia,
      Marcelo

  7. Muitobom. Com muitas dicas. Recomendarei para meus alunos.
    Beijos
    Fatima

    • OI Fatima!
      Tks pela visita e indicação do post aos seus alunos.. Q honra!!
      Beijos,
      Marcelo


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: